sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Projeto de Reciclagem - Produtos de Limpeza - Central - BA


O Projeto Produtos de Limpeza está sendo desenvolvido na cidade de Central, sendo promovido pela Secretaria de Educação de autoria da Gestora Local, a Sr Nercina Miranda Maciel e executado em todas as turmas do Programa TOPA.
A idealização do projeto deu-se da percepção de que a alfabetização vai muito além das atividades em sala de aula. Daí surgiu a idéia de elaborar um projeto que além de atender às necessidades educacionais de forma contextualizada, abrangendo diversas áreas do conhecimento, também supriria as necessidades básicas como higienização e geração de renda.
O projeto tem como objetivo a realização de pesquisas e estudos sobre produtos de limpeza de modo a conhecer os seus ingredientes, saberes populares, científicos, valores econômicos, armazenamento, conservação e cuidado com o meio ambiente.
Essa iniciativa nos orgulha, pois vemos que muitas turmas do TOPA estão atravessando as barreiras da sala de aula rumo ao conhecimento que está para além deste espaço. Percebemos que os alfabetizadores estão comprometidos com a aprendizagem não importando os métodos que utilizem para atingi-la. E os maiores beneficiados são mesmo os alunos do Programa, que estão aprendendo dentro e fora da sala de aula, algo que podem aplicar em suas vidas e até mesmo ser uma fonte de renda para muitos alunos carentes em sentido material.
Esperamos que todos que fazem parte deste Programa façam também experiências similares visando não só a aprendizagem, mais também a inclusão.

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Programa TOPA ganha Prêmio Darcy Ribeiro em Brasília

Comissão de Educação divulga ganhadores do Prêmio Darcy Ribeiro

A Comissão de Educação e Cultura escolheu os três vencedores do Prêmio Darcy Ribeiro: a escola Sesc de Ensino Médio em Jacarepaguá, no Rio de Janeiro; o Instituto Guga Kuerten, em Santa Catarina; e o Programa Todos Pela Alfabetização (Topa), do governo da Bahia.

A Escola Sesc, que recebeu 22 votos, é uma escola-residência que recebe todo ano 160 alunos que moram em alojamentos da própria instituição. O Instituto que leva o nome do tenista tricampeão de Roland Garros, Gustavo Kuerten, abre oportunidades para a prática de esportes a crianças e jovens nas redes públicas de ensino e teve 18 votos. E 14 votos garantiram o prêmio ao programa Topa, que trabalha com voluntários que ensinam jovens e adultos a ler e a se profissionalizar.

O primeiro vice-presidente da Comissão, deputado Lelo Coimbra (PMDB-ES), afirmou que a seleção, que teve 20 candidatos qualificados, mostra o mérito dos vencedores. "Todas as três experiências que foram aprovadas são de excelentíssima qualidade”, observou o deputado. “Em nenhum momento em que esse prêmio foi aprovado neste período em que estou aqui na Comissão de Educação, a qualidade foi diminuída. Está sempre à altura do nome do educador Darcy Ribeiro."

O Prêmio Darcy Ribeiro está na sua décima-primeira edição e será entregue no dia 26 de outubro, data em que se comemora 89 anos do nascimento de Darcy Ribeiro. Haverá solenidade no Salão Negro da Câmara.

Reportagem – Luiz Cláudio Canuto/Rádio Câmara
Edição – Newton Araújo

Fonte: http://www2.camara.gov.br/agencia/noticias/EDUCACAO-E-CULTURA/203265-COMISSAO-DE-EDUCACAO-DIVULGA-GANHADORES-DO-PREMIO-DARCY-RIBEIRO.html

O Professor que virou notícia: 90 anos de Paulo Freire


Se tivesse ainda entre nós, freire estaria comemorando no dia 19 de setembro os seus 90 anos. Mas como diz meu compadre Antônio Eduardo, do Roçado Grande, de Barro Preto - Ba,”a gente só morre quando a última pessoa que gosta da gente morrer, deixar de se lembrar de nós”. Logo, Paulo está vivíssimo no coração e na mente daqueles que tiveram oportunidade de conviver com ele (nosso caso), bem como na vida daqueles que estão dando continuidade aos seus ideais. Ainda nos anos 60, professora Vera Barreto convidou Paulo Freire par ir a São Paulo falar sobre a experiência de alfabetização que ele estava desenvolvendo. Enquanto ela o esperava no aeroporto, apareceu um jornalista amigo dela. Vera então sugeriu ao amigo: “Aproveite e faça uma entrevista com um professor pernambucano que está desenvolvendo um método revolucionário na alfabetização de adultos. O amigo lhe respondeu:” Vera, quando é que professor vai ser notícia neste país?! Felizmente, esse jornalista errou feio! Mesmo tendo viajado fora do combinado, como brinca mestre Bodrin, ele foi e continua sendo notícia no mundo inteiro.
Penso que nessa virada de milênio quando se fala em “Fim da História”, em “Política como arte do possível”, em "Propostas pragmáticas”, em “Pensamento único”,em “Silêncio dos intelectuais”, em “Fim das utopias”; quando na educação vivenciamos os “ pacotes pedagógicos”, os Cursos de educação 100% a distância”, precisamos, mas do que nunca, nos voltarmos, seriamente, não para a decoreba de algumas frases de Paulo, mas para um estudo sério da sua obra. Esta é a condição para que uma universidade brasileira possa dizer que está desenvolvendo um curso de licenciatura sério, pois o pensamento de Paulo Freire continua como um dos mais rigorosos sobre a realidade brasileira e um dos maiores faróis para a humanização do ser humano nesse novo milênio, como atesta grandes educadores brasileiros e estrangeiros, como o seu conterrâneo, professor João Francisco de Souza, na sua belíssima obra a Atualidade do Pensamento de Paulo Freire.
São muitas as lições que devemos resgatar do mestre pernambucano no caminho da humanização do ser humano, da democracia... Mas como o momento é de celebração, serei breve, destacando apenas uma : “Temos que ter muito cuidado para não humanizar as coisas e coisificar o ser humano.” Penso que em toda a sua obra a Pedagogia do Oprimido, Pedagogia da Pergunta, Pedagogia do Conflito, Pedagogia da Esperança, Pedagogia da autonomia, Pedagogia da indignação soma esforços para superar os processos, “as manhas” da coisificação do ser humano, por isso devem ser lidas e relidas com muita acuidade, com muita ética, com muito compromisso.
Talvez, se levarmos a sério essa leitura, se nos apropriarmos desse referencial humanista, não veremos mais um sonhador do povo passar para o outro plano com essa dor em sua alma, com essa imagem dramática de coisificação do ser humano em sua retina:
Cinco adolescentes mataram hoje, barbaramente, um índio pataxó, que dormia tranqüilo, numa estação de ônibus, em Brasília. Disseram à policia que estavam brincando. Que coisa estranha. Brincando de matar. Tocaram fogo no corpo do índio como quem queima uma inutilidade. Um trapo imprestável. Para sua crueldade e seu gosto de morte, o índio não era um tu ou um ele. Era aquilo, aquela coisa ali. Uma espécie de sombra inferior do mundo. Inferior e incômoda, incômoda e ofensiva. (...) Que coisa estranha, brincar de matar índio, de matar gente. Fico a pensar aqui, mergulhado no abismo de uma profunda perplexidade, espantado diante da perversidade intolerável desses moços desgentificando-se, no ambiente em que decresceram em lugar de crescer.”
Noel Costa - Educador Popular – Supervisor do TOPA – Direc 7

Fonte: http://www.topadirec7.blogspot.com/

terça-feira, 27 de setembro de 2011

Ações do TOPA para o Dia do Idoso em Barra do Choça

OBJETIVOS

GERAL:

· Melhorar a qualidade de vida do idoso por meio de atividades físicas que elevem a autoestima, saúde e bem estar geral.

ESPECÍFICOS:

· Estimular a prática da atividade no cotidiano de cada idoso;

· Desenvolver qualidades físicas, motoras e mentais;

· Promover momentos de recreação e integração entre os participantes do projeto;

· Instigar o auto cuidado entre os participantes por meio do stand da beleza;

· Conscientizar sobre a importância do exercício físico para o bem estar;

· Orientar sobre doenças que acometem a terceira idade;

· Orientar sobre alimentação no envelhecimento.

· Estimular a funcionalidade geral;

METODOLOGIA

O projeto será desenvolvido no dia 16 de Outubro de 2011 (domingo), das 8:00 às 12:00 horas. Durante o projeto Dia D Atividade Física na Terceira Idade serão desenvolvidas várias atividades voltadas para a saúde e bem estar do idoso.

Destacaremos algumas ações previstas para programação do projeto:

· Café da Manhã;

· Serviços Básicos de Saúde;

· Serviços de Beleza ao Idoso;

· Exercícios físicos;

· Orientações voltadas para a Saúde do Idoso e uma Alimentação Saudável.

Ações do TOPA para o Dia do Idoso em Itabuna

Projeto Avôhai:
Refletindo sobre a condição do idoso na região do cacau

Objetivo geral

Aproveitar o dia do idoso, 1º de outubro, para refletir sobre a condição dos educandos do topa e,por extensão,sobre a condição do idoso na Região do Cacau.

Objetivos específicos

  • Ofertar condição do idoso dizer a SUA PALAVRA, de forma oral e escrita, sobre si mesmo, sobre sua condição sócio- econômica- cultural.
  • Refletir sobre o respeito e sobre a violação dos direitos dos idosos.
  • Realizar atividades que contribuam no desenvolvimento da auto-estima do idoso.
  • Identificar e divulgar meios que possam ajudar na melhoria da qualidade de vida do idoso.
Metodologia

Nas salas de aula serão discutidos os direitos dos idosos, a partir do Estatuto do Idoso, verificando-se quais os direitos que estão sendo respeitados e quais estão sendo violados. Também serão trabalhados poemas, músicas, causos, contos, textos jornalísticos, por meio da escrita e oralmente. Desse trabalho resultará um dossiê, um documento apontando quais os direitos dos idosos que não estão sendo respeitados em nossa região, esse documento será encaminhado às autoridades competentes e também será divulgado no Encontro Regional.
Dos responsáveis: O projeto terá a coordenação do TOPA/ Direc – 7, mas esperamos contar com o apoio da sociedade em geral (comerciantes, instituições não governamentais) e, principalmente, dos parceiros: entidades, prefeituras e unidade formadora.
Do encontro regional: O encontro será realizado em Itabuna, dia 1º de outubro, sábado, às 15h, com alunos e professores do topa representando todos os municípios que aderiram ao programa.
Em breve divulgaremos o local.

Via Fanzine: O que significa “Avohai”?

Zé Ramalho: Quando eu fiz esta música eu criei esta palavra. Ela significa avô e pai. É uma espécie de homenagem ao meu avô, que foi a pessoa que me criou. Ele fazia o papel de avô e de pai. Meu pai morreu muito jovem, nos açudes do sertão, morreu afogado quando eu era garotinho. Então foi meu avô que me educou, foi quem me ensinou a seguir o caminho do bem, a batalhar minhas coisas. Eu me inspirei na imagem dele. E me chegou a palavra [avohai]... Ao mesmo tempo ela é interpretada pelas pessoas que a ouvem das mais diversas formas. É uma coisa muito mística também, representa a continuidade da espécie, ou seja, passar a sabedoria de uma geração para a outra... O avô passa para o pai, que passa para o filho e aí por diante...


Diretoria Regional de Educação – Direc 7
Diretora Prof. Miralva Moitinho
TOPA- Todos pela alfabetização
Supervisor Professor Noel Costa dos Santos

Fonte: http://www.topadirec7.blogspot.com/

Wagner acompanha ações do Saúde em Movimento em Santa Cruz de Cabrália

Moradores de Santa Cruz de Cabrália, no sul do estado, estão sendo atendidos, desde o último dia 24, pelo Saúde em Movimento e, nesta terça-feira (27), às 14h, o governador Jaques Wagner acompanha os serviços prestados pelo programa, que continua no município até o dia 30 deste mês.

A Secretaria da Saúde do Estado disponibiliza três mil consultas, sendo mil para alunos do Programa Todos pela Alfabetização (Topa), e duas mil para usuários SUS acima de 60 anos, além de mil cirurgias de catarata.

O público-alvo para os atendimentos em Santa Cruz de Cabrália é constituído de pessoas com idade superior a 60 anos, que possuam ou não alguma doença ocular. Os pacientes serão submetidos a consulta ambulatorial e exames e, se for diagnosticada a catarata, passarão por cirurgia.

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Saúde em Movimento na Região de Barreiras - DIREC 25

Começa neste domingo (25), no município de Luís Eduardo Magalhães, mais uma etapa da Estratégia Saúde em Movimento. Desta vez, tendo como prestador de serviços o Instituto de Olhos, serão disponibilizadas, até o dia 1º de outubro, quatro mil consultas – mil para alunos do programa Todos pela Alfabetização (Topa) e três mil para usuários do SUS acima de 60 anos –, além de 1,4 mil cirurgias de catarata. O atendimento prossegue até o dia 1º de outubro, na UPA, quadra 154, no bairro de Mimoso.

O atendimento será prioritário para idosos a partir de 60 anos de idade com catarata senil, usuários com catarata traumática ou congênita e alunos matriculados no Topa. Serão disponibilizados todos os exames relacionados à cirurgia oftalmológica, além do colírio que deverá ser utilizado nos primeiros quinze dias do pós-operatório, para todos os pacientes submetidos à cirurgia de catarata.

video

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Capacitação dos professores do TOPA EXTREMO SUL DA BAHIA



Professores e coordenadores do TOPA fizeram a capacitação do TOPA - TODOS PELA ALFABETIZAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS EM TEIXEIRA DE FREITAS NOS DIAS 15/09 A 19/09/2011, FEITO PELA UESC- NA FACULDADE PITAGORAS.



















Fonte: http://sintraspesb.blogspot.com/2011/09/capacitacao-dos-professores-do-topa.html

segunda-feira, 12 de setembro de 2011

Campanha do Topa é premiada em Gramado


A campanha publicitária Depoimentos, do Governo do Estado, elaborada pela agência de publicidade Leiaute, foi a vencedora do Galo de Bronze, no 18º Festival Mundial de Publicidade de Gramado, na categoria Cine/TV institucional. A série de três filmes tem o diferencial de captar e reproduzir a emoção do povo baiano, que fala sobre suas conquistas, proporcionadas pelos programas do governo. O evento foi realizado na quarta-feira (31).

A Leiaute foi a única agência do Norte-Nordeste que ganhou um Galo. Nas peças publicitárias, o público e os concorrentes do festival - o terceiro maior do mundo na área e o maior da América Latina - conheceram a história de Dona Enedina que, aos 100 anos, aprendeu a ler e escrever, de Dona Isabel Alves, que se encantou com a chegada da água à sua casa, e de Carlos Nascimento, orgulhoso do seu novo emprego.

Para o secretário estadual de Comunicação, Robinson Almeida, “o prêmio é um reconhecimento à qualidade da publicidade baiana e também a uma estratégia de comunicação tendo o povo baiano como testemunha das ações governamentais

Desfile de 7 de Setembro em Itabuna - DIREC 7

quinta-feira, 8 de setembro de 2011

Dia Internacional da Alfabetização

O dia 8 de Setembro foi instituído em 1967 pela Organização das Nações Unidas e pela UNESCO como Dia Internacional da Alfabetização, com objectivo de despertar a consciência da comunidade internacional quanto a um compromisso em relação o desenvolvimento e a educação.

Parabéns a todos os que fazem o Programa TOPA - Todos Pela Alfabetização





Mensagem da Diretora-Geral da UNESCO, Irina Bokova, por ocasião do Dia Internacional da Alfabetização, 8 de Setembro de 2011

Este ano, o Dia Internacional da Alfabetização tem foco especial no relacionamento entre alfabetização e paz.
A paz duradoura fundamenta-se no respeito aos direitos humanos e à justiça social.
A alfabetização, base da educação e aprendizagem ao longo de toda a vida, constitui um desses direitos.
A alfabetização é pré-requisito para a paz, visto que acarreta vários benefícios nas esferas humana, cultural, social, política e econômica.
Na sociedade moderna, impulsionada pelo conhecimento, o analfabetismo é mais do que nunca sinônimo de exclusão e marginalização.


Segundo as estatísticas mais recentes, de 2009, 793 milhões de adultos carecem de alfabetização básica, a maioria mulheres e crianças. Mais 67 milhões de crianças em idade escolar não estão matriculadas e 72 milhões de adolescentes também estão sendo privados da educação, correndo o risco de se criar uma nova geração de analfabetos.
Essa situação inaceitável impede todos os esforços para reduzir a pobreza e estimular o desenvolvimento humano.
Ela representa um abuso dos direitos humanos e das liberdades fundamentais, além de ser uma ameaça à paz e à segurança internacional.
A alfabetização acelera o desenvolvimento e é uma força em prol da paz.
Primeiro, a alfabetização dá maior autonomia aos indivíduos, permitindo a capacitação e a confiança necessárias para buscar informações importantes e fazer escolhas esclarecidas, que têm impacto direto em suas famílias e comunidades.


Segundo, a alfabetização é condição imprescindível para que indivíduos participem de forma eficaz nos processos democráticos, tenham uma voz nas organizações comunitárias, ganhem conhecimento político e, portanto, contribuam para a formulação de políticas públicas de qualidade.
Em terceiro lugar, programas de alfabetização fortalecem a compreensão mútua ao permitir que pessoas compartilhem ideias, expressar, preservar e desenvolver a identidade cultural e a diversidade.


Nenhum país pode estabelecer condições duradouras para a paz caso não encontre meios de estabelecer confiança mútua entre seus cidadãos por intermédio de sistemas inclusivos de educação que promovam entendimento recíproco, respeito, tolerância e diálogo.
É fundamental integrar a alfabetização ao processo de construção de paz para plantar as sementes da paz, estimular diálogo e reconciliação e dar aos jovens e aos adultos a qualificação necessária para buscar um emprego digno.
O Prêmio Internacional de Alfabetização 2011 reconhece programas inovadores, que demonstram o papel central da alfabetização na promoção dos direitos humanos, da igualdade de gênero, resolução de conflitos e diversidade cultural. Todos os programas destacam que, até nas condições mais adversas, programas de alfabetização de boa qualidade funcionam e resultam em mudanças permanentes nas vidas de jovens e adultos.
Investir em programas de alfabetização é sensato bem como fundamental para o desenvolvimento. A Alfabetização é um componente chave dentre as estratégias para a promoção do desenvolvimento sustentável e a paz. É fundamental para o êxito da Educação para Todos e os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio.

O mundo precisa, urgentemente, de maior compromisso político em relação à alfabetização, amparado por recursos adequados para aumentar os programas eficazes. Hoje, peço aos governos, às organizações internacionais, à sociedade civil e ao setor privado que priorizem a alfabetização, para que todos possam desenvolver seu potencial e participar ativamente da criação de sociedades justas, sustentáveis e pacíficas.


Fonte:http://www.unesco.org/new/pt/brasilia/about-this-office/single-view/news/message_on_international_literacy_day_8_september_2011/

segunda-feira, 5 de setembro de 2011

Visitas na DIREC 16 - Jacobina





Visitas aos municípios de Saúde, Mirangaba, Ourolândia, Caldeirão Grande